Talvez Um Dia

20180327_215914

Sydney e Ridge se conheceram de suas respectivas varandas. Ele tocava violão todos os dias, e ela gostava de ficar ouvindo. Um dia, Ridge descobriu que Sydney tinha escrito uma letra para sua música. Ele pediu que ela lhe enviasse por SMS e, depois de muita relutância da garota, viu que a letra era perfeita para aqueles acordes. Sydney era uma ótima compositora. E Ridge precisava do seu talento. Depois de uma reviravolta na vida dela, os dois têm a chance de compor juntos. Mas vão acabar descobrindo uma atração muito grande surgindo entre si. E suas vidas não estão prontas para que sejam um do outro, agora. Bem, talvez um dia.

Sydney mora num apartamento alugado que divide com sua melhor amiga Tori. Ela saiu da cidade natal, onde morava com os pais, para fazer faculdade de música que é sua paixão. Não pode contar com a ajuda dos pais porque eles queriam que ela fosse advogada, então ela estuda e trabalha na biblioteca do campus. Ela namora já há dois anos com Hunter, e tudo vai bem, apesar dele querer que os dois morem juntos e ela nunca achar que é o momento certo, porque depois da faculdade ela quer passar um ano inteiro morando sozinha. Então um belo dia, Sydney recebe uma mensagem de texto e sua vida vira do avesso.

Tudo começou quando Sydney ouviu um cara tocando violão no prédio em frente ao seu. Então todas as noites ela saia na sacada para escutar as músicas e fazer a tarefa da faculdade, mas o simpático rapaz que tocava o violão percebeu que Sydney cantava as letras de músicas que sequer haviam sido inventadas ainda. Então ele pediu o número dela e os dois começaram a conversar por mensagem, mas só porque ele tinha uma banda e precisava das letras das músicas. Os dois trocam muitas mensagens sobre as músicas, até que Ridge resolve contar para Sydney que o namorado dela, a está traindo com sua melhor amiga Tori. Afinal ele mora no apartamento da frente e consegue ver tudo o que acontece lá.

  • Não seria tão ruim se Sydney não estivesse no trabalho e tivesse jogado os livros contra a parede sendo demitida em seguida.
  • Não seria tão ruim se ela não tivesse ido para casa tomar satisfação e nem a amiga e nem o namorado negaram ou tiveram qualquer explicação para dar.
  • Não seria tão ruim se ela não tivesse saído do apartamento com uma mala contendo todas as suas coisas e tivesse começado a chover.
  • Não seria tão ruim se ela não tivesse esquecido a bolsa com todo o seu dinheiro no apartamento e não tivesse opção de onde ir.
  • Não seria tão ruim se não fosse o dia do seu aniversário de 22 anos.

Ridge pede a sua companheira de apartamento Bridgette, para buscar Sydney lá embaixo, na rua, na chuva e com uma mala na mão. Ela não quer a ajuda de Ridge, está muito brava por ele não ter revelado isso antes, mas na atual circunstância, digamos que Sydney não tem muita escolha. Então eles fazem um acordo, Sydney fica no apartamento temporariamente sem pagar e em troca escreve as letras das músicas para a banda de Ridge o Sounds of Cedar. Ridge é o dono do apartamento e divide com outras duas pessoas: Bridgette e Warren, e por acaso eles tem um quarto sobrando.

Ridge tem uma namorada, Maggie, á qual ele é total e completamente apaixonado. Ela é linda, bem humorada, simpática e incrível em todos os sentidos, todos a adoram. Maggie mora e faz faculdade em outra cidade, então eles só se vêem nos fins de semana.

Ridge e Sydney começam a compor as músicas juntos, aliás ela é uma excelente compositora e Ridge que fazia todas as músicas da banda, está com um bloqueio mental, que ele acredita ser temporário. Pouco a pouco eles vão se apaixonando, mas ambos sabem que é errado, Sydney não quer se transformar na sua traidora amiga TORI, e Ridge é muito devoto a sua namorada Maggie. Ele nunca vai deixa-la, porque ele a ama mais do que tudo no mundo e porque Maggie tem um segredo, algo que pode fazer com que Ridge passe o resto da vida com ela. Então um romance entre Sydney e Ridge é proibido, não tem como dar certo, não pode acontecer, talvez num futuro muito distante, quem sabe, Talvez Um Dia.

20180327_215947

Esse foi o primeiro livro que li da autora e achei encantador, uma obra de leitura fácil, o difícil é não devorar o livro de uma vez só. Amei os personagens, cada qual com sua personalidade forte. Ao mesmo tempo que eu torci pelo amor de Sydney e Ridge, entendi que Maggie não merecia isso e ela é uma pessoa super especial. Então não foi só o coração de Ridge que se dividiu, mas o meu também.

Como não terminar esse livro de coração partido?

Como uma história assim pode acabar bem?

Se vocês leram, por favor me digam o que acharam.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s