O Livro do Amanhã

20171004_230245

Nascida do luxo, Tamara Goodwin, de 16 anos, nunca precisou olhar para o amanhã, até que a morte abrupta de seu pai deixa a ela e a sua mãe uma montanha de dívidas e as obriga a se mudarem para a casa dos tios de Tamara, em um vilarejo no interior. Solitária e entediada, a única diversão de Tamara é uma biblioteca itinerante. E ali ela encontra um livro muito misterioso. Tamara vê inscrições com sua própria letra e datadas para o dia seguinte. Quando tudo acontece exatamente como o livro previa, ela percebe que pode ter encontrado a solução para seus problemas.  No entanto, Tamara descobre que é melhor não virar algumas páginas e que, apesar de muito tentar, não pode mudar o destino.

  • Autora: Cecelia Ahern
  • Editora: Novo Conceito
  • Páginas: 368
  • Ano: 2013

#Resenha: Tamara é uma adolescente de 16 anos, sempre viveu com muito luxo, rodeada de coisas boas, viagens, presentes, roupas caras e muitos amigos. Até que seu pai morre, cometendo suicídio por estar endividado e, ela e a mãe ficam sozinhas. A mãe entra em depressão, se vê atolada em dívidas e o banco toma até a linda casa onde elas vivem em Dublin. Tamara e a mãe são obrigadas a ir morar no meio do nada, numa cidadezinha no interior da Irlanda na casa de uns tios. A garota logo fica entediada, pois além de não haver nada para fazer naquele lugar, sua mãe passa os dias trancada no quarto, cada vez mais depressiva. Os tios são muito estranhos, ele trabalha o dia todo e o pouco que está em casa, nunca conversa, ela é uma excelente dona de casa, sempre limpando alguma coisa ou cozinhando, mas passa o dia todo no pé de Tamara, dizendo que a garota é proibida de sair da propriedade. Então um dia um rapaz chamado Marcus bate à porta da casa, ele está perdido, mas possui uma biblioteca itinerante em formato de ônibus e Tamara fica muito animada. Não que ela se interesse por leitura, aliás ela odeia ler, mas é tão bom ter alguém para conversar, além do que Marcus é bonito e engraçado. Tamara resolve emprestar um livro, mas ela escolhe um que está cadeado, não tem título e nem autor. A curiosidade de Tamara aumenta, ela tenta de todas as maneiras arrebentar o cadeado para descobrir do que se trata o livro e, só consegue com a ajuda de uma vizinha. Depois de aberto, ela descobre que o livro nada mais é do que um diário em branco, então é a sua oportunidade de escrever o que bem entender nele. A surpresa de Tamara é que quando ela vai usar o diário pela primeira vez, ele já está escrito, e o pior é que a letra que está lá, é dela mesma e a data é do dia seguinte. Será que ela deve acreditar que o estranho diário pode antecipar o seu destino? Será que ela poderá mudar aquilo que já foi escrito?

20171004_230312

Esse livro me encantou de uma maneira única, nem consigo descrever com exatidão o quanto ele me surpreendeu e o quanto eu amei a leitura. Tamara a princípio é uma personagem mimada e rebelde, mas conforme o livro vai evoluindo, a personagem vai amadurecendo e nem precisou chegar ao final para eu já estar apaixonada. A autora mais uma vez me deixou sem palavras, o livro é muito melhor do que minha expectativa. Comprei porque é de uma autora que eu amo, mas não imaginava que entraria para a minha lista de preferidos, o livro é muito bem escrito. Recomendo a todos a leitura dessa obra que me fascinou. A editora Novo Conceito também não deixou a desejar em nada, tudo perfeito.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s