Apenas Um Dia

20170918_195547

A vida de Allyson Healey é exatamente igual a sua mala de viagem: organizada, planejada, sistematizada. Então, em uma viagem de formatura para a Europa, ela conhece Willem. De espírito livre, o ator sem destino certo é tudo o que Allyson não é. Willem a convida para adiar seus próximos compromissos e ir com ele para Paris. E Alysson aceita. Essa decisão inesperada a impulsiona para um dia de riscos, de romance, de liberdade, de intimidade: 24 horas que irão transformar a sua vida. Apenas Um dia fala de amor, mágoa, identidade e sobre os “acidentes” provocados pelo destino, mostrando que, às vezes, para nos encontrarmos, precisamos nos perder primeiro … Muito do que procuramos está bem mais perto do que pensamos.

  • Autora: Gayle Forman
  • Editora: Novo Conceito
  • Páginas: 382
  • Ano: 2014

Compre aqui  ➡ Amazon

#Resenha: Alysson acaba de terminar o ensino médio e ganha dos pais um tour pela Europa, o qual ela faz com um grupo e com a companhia de sua melhor amiga Melanie. Ela é uma garota bastante diferente dos jovens da sua idade, super organizada, sistemática, não bebe, não fuma, não gosta de baladas, nunca desobedece as regras e suas decisões precisam ser sempre muito bem pensadas. O passeio do grupo já está acabando, mas Alysson sente que não aproveitou o suficiente. Então ela conhece Willem, um rapaz aventureiro, com espírito livre. Ele é apaixonado por Shakespeare e se apresenta em praça pública junto com um grupo de teatro. Os dois conversam bastante e, Willem sabendo que Alysson sonha em conhecer Paris, propõe que os dois vão até lá e fiquem Apenas Um Dia conhecendo a cidade.

20170918_195934

Alysson aceita o convite, ainda que com certa relutância, pois ela é certinha demais para fazer algo doido assim com um desconhecido, mas decide conhecer a cidade luz. Ela deixa sua amiga Melanie responsável por atender a mãe neurótica e dar todas as desculpas, já que ela deveria ir para casa. Em Paris, Willem mostra a cidade e eles se divertem muito, tudo em um único dia, mas tudo o que eles vivem nesse dia é tão intenso, que será difícil esquecer depois. Dá pra sentir uma conexão entre eles. Voltando para casa Alysson resolve estudar francês, trabalhar, juntar dinheiro para voltar à Paris e reviver tudo de bom que aconteceu naquele dia inesquecível e “quem sabe”, reencontrar Willem. Os pais dela ditavam todas as regras de sua vida até antes da sua viagem, mas Alysson decide seguir seus sonhos e tomar as rédeas da própria vida.

20170918_195620

Este livro me surpreendeu muito, quando li que tudo de passaria em um único dia, achei que a história seria meio clichê, mas eu me enganei. Apesar de Alysson e Willem passarem somente um dia em Paris, a riqueza dos detalhes descritos sobre a cidade e a respeito de tudo que eles viveram é muito forte. O sentimento entre eles está ali, mesmo que isso não seja mencionado. Juro que minha vontade de conhecer Paris aumentou ainda mais. Fiquei frustrada quando terminei o livro e não tinha a continuação dele para ler. Então fica a dica: já tenham em mãos o livro Apenas Um Ano que é sua continuação, pois quando acabar de devorar Apenas Um Dia, já precisamos ter Apenas Um Ano para dar continuidade. O livro fala sobre romance de uma maneira bem simples, fala também sobre mágoa, encontros e desencontros, mas principalmente sobre conhecer a si mesmo e poder seguir seus próprios sonhos. É uma leitura difícil de largar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s