O Bangalô

20170628_162313

Anne vive com as recordações de seu passado, que fora repleto de amor, mistério e tristeza. O cenário desses acontecimentos: a Segunda Guerra Mundial. Quando Jennifer, neta de Anne, entrega-lhe uma carta vinda de um remetente desconhecido – fazendo perguntas sobre um assassinato em 1943 – , Anne não tem outra escolha a não ser contar sua história. Um amor verdadeiro e profundo, amizades fortes com base na cumplicidade, uma morte misteriosa e as atrocidades da guerra embalaram a vida de Anne. Entretanto, alguns porquês de sua história ainda não foram respondidos. Será que ela descobrirá toda a verdade para enfim ser completamente feliz?

  • Autora: Sarah Jio
  • Editora: Novo Conceito
  • Páginas: 320
  • Ano: 2015

Você encontra esse livro na Amazon

Este livro se inicia no presente com Anne Calloway e sua neta Jennifer. A neta lhe entrega uma carta que chega para sua avó, esta carta é sobre um assassinato que ocorreu quando Anne trabalhou como enfermeira na ilha de Bora Bora. Anne se vê obrigada a revelar uma grande parte de seu passado, que até então era mantida oculta.

Minhas mãos tremiam um pouco enquanto eu virava o envelope de frente para trás e vice-versa, vez após outra, passando meus dedos pelo selo exótico que mostrava uma garota taitiana em um vestido amarelo. Engoli em seco, tentando demover as lembranças que me invadiam como uma inundação, mas que, no entanto, meros sacos de areia imaginários não conseguiam contê-las. Assim, sem forças para resistir, abri o envelope com um puxão.

Página: 12

1942, Anne é uma linda jovem, recém formada em enfermagem e noiva de uma rapaz bonito e bem sucedido. Tudo parecia perfeito, um casamento a caminho, que as famílias faziam muito gosto. Anne tinha certeza que amava o noivo Gerard, mas não se sentia completamente feliz. Quando sua melhor amiga Kitty, comunica que está indo servir como enfermeira na guerra, Anne não pensa duas vezes, e decide seguir os passos da amiga. Detalhe, isso acontece no dia do seu noivado com Gerard. Contrariando sua mãe e com um noivo nada feliz, mas que ficará a sua espera, ela parte para a ilha de Bora Bora, para trabalhar como enfermeira voluntária, sem saber muito bem como vai ser, e nem o que vai encontrar pela frente. Kitty está sempre em busca de alguma aventura amorosa, enquanto Anne nem pensa em encontrar outra pessoa, pois ela tem um noivo a sua espera. Até o dia em que Anne conhece Westry, ele é diferente dos outros rapazes, é simpático e atencioso. Eles encontram um Bangalô perdido, que fica próximo a praia, mas fica escondido em meio a mata, ali era a casa de um artista e está abandonado há muito tempo, mas o Bangalô possui uma lenda: aquele que entrar no Bangalô terá o coração partido. O lugar é lindo, a praia é paradisíaca e a areia é branca. Esse bangalô passa a ser o refúgio dos dois, eles se encontram sempre que tem uma folga do serviço, e apreciam cada momento, que aliás não são muitos. Eles se apaixonam perdidamente, Anne sabe que sua família jamais aprovará seu amor por Westry, mas com ele, ela sente emoções que nunca sentiu antes com seu noivo, ela é completamente feliz. Anne não percebe que sua amiga Kitty está se distanciando dela, que possui muitos segredos e que também vai se meter em encrenca. Quando Anne testemunha um assassinato ocorrido próximo ao Bangalô, isso muda toda a sua vida. O casal começa a se afastar. Decisões são tomadas que acabam mudando o resto de suas vidas.

No final o livro volta para o presente, e Anne com 91 anos, entende muitas coisas do seu passado que até agora estavam obscuras. Com a ajuda da neta Jennifer, ela tem a chance de voltar até a ilha e relembrar tudo o que passou lá, momentos bons e ruins. Ela também tem a chance de fazer as pazes com o seu passado.

Esse foi o primeiro livro que li da autora, e confesso que de cara já me apaixonei por ela. O desfecho final do livro é muito bom, surpreendente pra mim. Todas as pontas soltas que você acha que não tem solução, são muito bem atadas no final. Adorei a escrita e a maneira como ela descreve os personagens e o lugar. Você consegue se imaginar na ilha junto com eles, consegue imaginar a força do amor deles. Fantástico e emocionante. Vou ler os outros livros dela.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s